Avatar

A intolerância da esquerda e LGBTs contra os homossexuais de Direita

Gustavo e Leandro - Foto publicada pela
Folha de São Paulo em outubro de 2018
Não é novidade que a esquerda e o movimento LGBT seguem a mesma linha destrutiva do movimento feminista do século XXI: a politização de tudo e de todos, não importa quem seja.
Nessa estratégia, não há espaço para o contraditório. Sempre quando questionados, tratam a discordância como ataque e partem para a agressão, não necessariamente física, mas no mínimo verbal ou escrita.
A tentativa de abafar a voz daqueles que não concordam com o movimento, ou que deixam de fazer as vontades dele, ganhou cada vez mais força com as redes sociais e se tornaram ainda mais frequentes de 2014 pra cá.
Juntos há 6 anos, incluindo 3 anos de união legal, o vendedor Gustavo Paulo e o estudante de história Leandro Augusto Possani, acabaram sendo alvo de mais um episódio que podemos chamar de bizarro, para dizer o mínimo. No começo de março, os jovens postaram em suas redes sociais uma foto comum, um momento de afeto, de lazer,  registrado para suas lembranças. Nada demais, até que esquerdistas e pessoas ligadas ao movimento LGBT vissem a foto e derramassem sobre os dois uma chuva de comentários de ódio e ameaças. 
Qual o motivo? 
Gustavo e Leandro vestiam camisas de Bolsonaro.
Leandro e Gustavo:  Atacados nas redes sociais
pela postagem dessa foto
Os dois já haviam se tornado “famosos”, ao serem clicados pelo Jornal Folha de São Paulo, no dia 28 de outubro de 2018, quando comemoravam a vitória de Jair Bolsonaro nas eleições presidenciais. “Nossa foto foi usada como símbolo por várias pessoas. Essa foto descreve uma situação real: respeito. Nessa manifestação só tinha apoiadores do presidente, todos comemorando. Todos nos cumprimentavam e queriam tirar fotos conosco.” relembra Leandro Possani.
Mas o que aconteceu nas redes sociais no dia 10 de março último, mostra como o ódio e o preconceito vem de gente que se diz defensora dos direitos homossexuais e das minorias. Pessoas de várias idades, diversos gêneros, distintas classes sociais, moradoras de vários locais do país. Todas destilando ódio, ofendendo e xingando os rapazes, através de comentários maldosos, cruéis e até mesmo, ameaçadores.
Vejam alguns comentários




Como podem ver, nos prints acima, é muito “amor no coração e muita bondade” para ser distribuída ao próximo e à humanidade. É a comprovação de que os intolerantes marxistas não suportam as diferenças e não aceitam a democracia. Odeiam naturalmente e têm o ódio como a força motriz. Democracia e liberdade de escolha só para aqueles que escolhem o mesmo que eles.
Mas e o outro lado como fica?
Ideias Barbara´s procurou Leandro e Gustavo.
Muito gentis, ele nos concederam uma rápida entrevista.
Confira!

Ideias Barbara´s:Quando vocês postaram as fotos em apoio a Bolsonaro?

Leandro: e Gustavo: Essas fotos em questão foram postadas no domingo dia 10 de Março

Ideias Barbara´s: Por que publicaram nas suas redes sociais?

Leandro: e Gustavo: Foi um momento corriqueiro. Um registro pessoal de um momento de lazer, como todos fazem.

Ideias Barbara´s: A repercussão da postagem das fotos foi o que vocês esperavam? Por que?

Leandro: e Gustavo: Não esperávamos de maneira alguma, estávamos jantando e tiramos as fotos para registro pessoal, foi uma surpresa.

Ideias Barbara´s: O que levou vocês a optarem por apoiar Bolsonaro?

Leandro: e Gustavo: Nunca compartilhamos dos mesmos anseios de movimentos como o LGBT. Acreditamos que até o bem-estar de minorias dependem do progresso do país inteiro e da democracia. Por coerência ideológica um candidato que defende ditaduras como a da Venezuela por exemplo, jamais séria algo bom, nem para um país, muito menos para uma minoria. Acreditamos na máxima de que, "a menor minoria é o indivíduo.

Ideias Barbara´s: No meio LGBT é complicado ser de direita, apoiar um presidente como Bolsonaro? Por que?

Leandro: e Gustavo: Não frequentamos o meio LGBT, bares, boates e afins, somos muito reservados e fazemos passeios mais diurnos, rsrs. Shopping, cinema, parques, programas diurnos, trabalhamos bastante e nos momentos livres precisamos descansar. Por esse motivo não sofremos "diretamente" com movimentos LGBTs, somente na rede, onde a intolerância com a divergência de opinião é gigante. Ser de direita não é complicado, é simples, é questão de raciocínio e coerência.

Ideias Barbara´s: Vocês sofreram algum tipo de pressão da comunidade LGBT?

Leandro: e Gustavo: Apenas insultos e ameaças vagas, nada significativo. Cão que ladra não morde. Nosso presidente quase foi morto por representar um risco real ao sistema da forma que ele sempre funcionou, em benefício dos poderosos. Perto disso o que temos que aguentar não é nada.

Ideias Barbara´s: O que vocês acham de celebridades homossexuais que declararam apoio ao Bolsonaro?

Leandro e Gustavo: Jovens convictos de seus
posicionamentos políticos e ideológicos
Leandro: e Gustavo: Muito importante, pois estes têm visibilidade e podem mostrar que todo o discurso disseminado pela esquerda não passa de desonestidade intelectual. Nós não somos nada, um grão de areia na praia, e precisamos de voz. Recebemos mensagens de apoio, encorajamento, mas o mais gratificante são as mensagens daqueles que sofrem por pensarem diferente, esses nos emocionam pois nos vêm como exemplo, símbolo. Isso é gratificante. Essa é a importância, dar voz aos muitos reprimidos pela supremacia esquerdista, na cultura, na educação e no posicionamento político das pessoas.

O absurdo cometido contra Leandro e Gustavo é o mais fiel retrato do que a esquerda é capaz de fazer. Esta é a esquerda que se vangloria por ser a única detentora das virtudes morais e apta à condução do processo político que leve a um mundo melhor “com mais justiça social, liberdade e democracia”. É justamente contra essa esquerda que lutamos. Queremos um Brasil realmente democrático. Um país onde o cidadão seja livre para fazer suas escolhas, baseado em fatos, não em doutrinação ideológica e lavagem cerebral.
Parabéns Gustavo e Leandro! Continuem sendo jovens com posicionamento, cidadãos realmente livres como determina a nossa constituição. Chega de sermos amordaçados pela ditadura silenciosa da esquerda, do politicamente correto e de movimentos sectaristas.


Avatar

Fim da PEC da Bengala pode ser saída para controlar desmandos do Supremo

Ontem o Brasil parou para acompanhar o julgamento do STF de decretaria o destino da Operação Lava Jato. O resultado não poderia ser mais funesto: o Supremo decidiu que a Justiça Eleitoral deve julgar casos de corrupção quando envolverem simultaneamente caixa 2 de campanha e outros crimes comuns, como lavagem de dinheiro, que são investigados na Operação Lava Jato. Um duríssimo ataque à democracia e aos mecanismo de punibilidade do estado. 
Ministro Marco Aurélio: Condenações da Lava Jato
podem ser anuladas
A coisa toda não para por aí. O pulo do gato nesse ataque, que podemos dizer mais do que orquestrado e tramado, vem agora no segundo round. O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio revelou, ainda ontem,  que as sentenças que foram proferidas antes da decisão da Corte sobre a competência da Justiça Eleitoral podem ser anuladas. Na avaliação do ministro, as condenações podem ser afastadas diante da decisão do Tribunal.

Segundo o ministro, que proferiu um dos votos a favor da medida, os atos processuais, como buscas e apreensões, realizadas pela Justiça Federal, poderão ser aproveitadas pela Justiça Eleitoral, no entanto, os demais atos decisórios devem ser anulados.
"A instrução processual é aproveitada pela jurisdição eleitoral. Agora, decisões proferidas por órgão incompetente sob ângulo material, se tem a incompetência absoluta e esses atos decisórios não subsistem", ameniza Marco Aurélio. 
Com o fim do julgamento, os processos contra políticos investigados na Lava Jato e outras apurações que envolvam simultaneamente esses tipos de crimes deverão ser enviados da Justiça Federal, onde tramitam atualmente, para a Justiça Eleitoral, que tem estrutura menor para supervisionar a investigação, o que pode resultar em condenações mais leves. 
Em meio a toda essa trama, vemos como o judiciário vem agindo contra a vontade popular, ignorando o fato de que o cidadão brasileiro já está cansado de ver a impunidade dos crimes de colarinho branco. 
Mas a quem se pode recorrer se a instituição máxima da lei resolveu golpear a Constituição e as leis nacionais? Tornou-se evidente a atuação de ministros do supremo em prol de facções políticas e setores ligados a determinadas áreas empresariais.

Dep. Bia Kicis: fim da PEC da Bengala para salvar
Lava Jato pode ser único recurso
Uma das saída para tentar libertar o Brasil dessa coisa que podemos chamar de "Ditadura do Judiciário" é a extinção da chamada PEC da Bengala. Essa Emenda Constitucional 88/15 foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) no dia 08 de maio de 2015 e autorizou que a aposentadoria compulsória aos 75 anos passasse a valer para os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), dos demais tribunais superiores e do Tribunal de Contas da União (TCU). Antes da promulgação da lei, a aposentadoria era obrigatória aos 70 anos.

Com a mudança na idade da aposentadoria, a então presidente da República Dilma Rousseff (PT) não pôde indicar cinco novos ministros para preencher as vagas que seriam abertas na Suprema Corte com a regra antiga. Era uma vontade do então presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB). Mas um ato de uma parceria maligna entre o executivo e o judiciário.
Mas como a extinção dessa PEC ajudaria a romper com essa maligna moeda de escambo entre poderes? A extinção da PEC aposentaria automaticamente 04 ministros do STF: Celso de Melo, Marco Aurélio Mello, Rosa Weber e Ricardo Lewandowski. Isso abriria o caminho para a renovação do STF, dando ao presidente Bolsonaro a chance de indicar 04 novos ministros.
Para que uma PEC seja revogada, é necessário propor uma nova emenda à Constituição e contar com a assinatura de outros 171 parlamentares para conseguir levá-la à pauta na Câmara . Se colocada em votação, a nova PEC precisa da aprovação de 308 deputados. A deputada Bia Kicis (PSL - DF) começou, em fevereiro, o processo de buscas por assinaturas.
"Se eles tiverem sua função precisa, que é julgar e não legislar, vai perder a importância de qual presidente indicou. Mas, hoje, as pessoas que estão lá estão praticando ativismo", esclareceu a deputada.
Procurador Deltan Dallagnol alerta para o fim do
combate à corrupção
É imprescindível dar celeridade a essa nova emenda de derrubada da PEC da Bengala pois essa pode ser a única alternativa para acabarmos com a "Ditadura do Judiciário". O povo brasileiro merece um judiciário que realmente o represente e defenda seus interesses, se não estaremos reféns do que profetizou o procurador Deltan Dallagnol, chefe da força-tarefa de investigadores da Lava Jato, disse, em mensagem publicada no Twitter: 
"Hoje, começou a se fechar a janela de combate à corrupção política que se abriu há 5 anos, no início da Lava Jato".

Movimentos sociais em todo Brasil já articulam manifestações contra a decisão proferida ontem pelo Supremo. A data marcada é o dia 07 de abril. Você, caro leitor ou leitora, que é um cidadão preocupado com os rumos do nosso país, não deixe de se manifestar. Vá às ruas e expresse a sua indignação frente aos desmandos da classe judiciária brasileira. É necessário unirmos forças contra as artimanhas de quem só quer ver o retrocesso e o atraso da nossa nação.
Dia 07 de abril estaremos nas ruas!
#fimdapecdabengala
#forastf

Avatar

Ilhéus abandonada!


Lamentável a situação da limpeza pública em nossa cidade. A foto ao lado foi tirada na feira do Malhado, em frente ao supermercado Big Meira. 
Precisamos urgentemente deixar de acreditar nesses políticos de carreira, que prometem mundos e fundos à população durante a campanha e quando se elegem não fazem absolutamente nada pelo povo, nem mesmo o mais básico da esfera administrativa. Vamos mudar essa realidade! Venha para o movimento Ilhéus tem jeito! #ilheustemjeito



Avatar

Lideranças do Comitê Sul Bahia Bolsonaro Presidente e Movimento Ilhéus tem jeito se encontram com Deputado Federal Coronel Tadeu


Neste fim de semana, Sérgio Rogério, presidente do Comitê Sul Bahia Bolsonaro Presidente e do Movimento Ilhéus tem jeito, juntamente com outras lideranças, entre elas a jornalista Barbara Bastos e o empresário César Dias e Bruno Lemos, estiveram em reunião com o deputado Federal Coronel Tadeu Lemos (PSL – SP), em Ilhéus. Parlamentar de destaque no Congresso Nacional, o deputado Coronel Tadeu é um dos mais aguerridos defensores dos direitos dos militares, especialmente Policiais Militares e Bombeiros Militares, na Câmara dos Deputados. Eleito com quase 100 mil votos, Tadeu foi membro da Polícia Militar do Estado de São Paulo.
Deputado Coronel Tadeu, Sérgio Rogério - Presidente do
Comitê Sul Bahia Bolsonaro Presidente e do Movimento
Ilhéus tem Jeito, a jornalista Barbara Bastos e o
empresário César Dias
Na ocasião, Sérgio Rogério apresentou ao parlamentar uma proposta de projeto de lei que visa corrigir uma das maiores injustiças impostas aos militares: a perda do direito à aposentadoria. A aposentadoria do militar pode ser cassada, na ativa ou inatividade, se este for condenado a pena privativa de liberdade superior a dois anos, por crime cometido na ativa. Este tipo de punibilidade não é aplicada a nenhuma outra categoria profissional.
Segundo alguns juristas, a aposentadoria não poderia ser alcançada pelos efeitos extrapenais da sentença criminal transitada em julgado. Porém, os casos de cassação de proventos são ocorrências frequentes, que baseiam-se em leis como a 10.486/2002, do DF, que estabelece a cessação do direito de perceber proventos da inatividade em razão da prática, quando em atividade, de falta punível com demissão ou com exclusão; bem como em artigos de leis estaduais, especificamente nos Estatutos das PMs, que determinam a exclusão do militar a bem da disciplina, em caso de condenação, transitada em julgado, a pena privativa de liberdade superior a dois anos.
Deputado Coronel Tadeu e Sérgio Rogério
“O momento para a discussão dessa injustiça contra os militares não poderia ser mais oportuno, pois o foco é a reforma de previdência. Acreditamos que não se pode debater novos parâmetros para previdência dos militares, sem que sejam corrigidas essas distorções. A perda de proventos de aposentadorias é uma punição imposta unicamente aos militares. Não é cabível que continue a acontecer, uma fez que militares são profissionais que contribuem a vida toda para o sistema previdenciário.” explica Sérgio Rogério.
Além da questão da perda de proventos, outros temas forma abordados durante a reunião com o parlamentar Coronel Tadeu, entre eles os rumo

Avatar

Resultado da Doutrinação Ideológica

Quando a doutrinação ideológica resulta na alienação na sociedade. O brasileiro precisa urgentemente se desvencilhar das garras da imprensa marron. Assistam o vídeo e descubram como as pessoas "acham" que sabem das coisas...


Avatar

Video com despedida de PMs e Bombeiros do carnaval de Salvador viraliza

Reconhecimento e gratidão!
Sem eles nas ruas, o Carnaval vira bagunça!
Parabéns aos guerreiros da PMBA!


Avatar

Sobre ser mulher...








“Nossa geração está tão preocupada tentando provar que mulheres podem fazer o que os homens fazem que elas estão perdendo sua singularidade. As mulheres não foram criadas para fazer tudo que os homens podem fazer, as mulheres foram criadas para fazer tudo que os homens não podem fazer.” - Jordan B Peterson


Feliz Dia da mulher!

Avatar

Orquestra Italiana faz homenagem ao Brasil

Orquestra Italiana faz homenagem ao Brasil, executando o Hino Nacional Brasileiro 🇧🇷💛
Lindo!
🇧🇷💛


Avatar

Péssimo serviço de transporte coletivo em Ilhéus-BA

Já que hoje a pauta é sobre as imundícies praticadas Brasil, vamos falar das empresas de ônibus de ilhéus-Bahia. Sabe aquela coisa de tratar bem o cliente, oferecer serviço de qualidade? Pois é... Assista o vídeo e veja com os próprios olhos, o estado deplorável do transporte público de Ilhéus. O próprio funcionário da empresa denuncia: o ônibus não tinha condições de trafegar pois estava totalmente sujo de vômito. Mas seu superior mandou que ele retornasse às ruas, com o veículo sujo, e desse continuidade ao transporte de passageiros. Isso é vergonhoso. Detalhe: a passagem de ônibus em Ilhéus custa R$ 3,80 uma das mais caras do país.
Assistam o vídeo!


Avatar

Ainda sobre #bolsonarotemrazao


Avatar

Netinho sai em defesa de Bolsonaro

O cantor baiano Netinho, que durante o período eleitoral de 2018, declarou apoio ao candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL), compartilhou pelo aplicativo Whatsapp, nesta quarta-feira (6) imagens alfinetando Daniela Mercury sobre a carta aberta enviada pela artista sobre a Lei Rouanet para o atual presidente.

Em uma das imagens Bolsonaro aparece fazendo um sinal de positivo com a mão e segurando o riso e tem a seguinte legenda: "Sobre a possibilidade de reunião para tratar de Lei Rouanet com Daniela Mercury e Caetano Veloso: Esperem sentados!".



Outra imagem mostra Netinho ao lado do presidente sorrindo com o texto: "#ELESIM me recebeu respeitosamente e não fui lá pedir nada, reclamar nada. FUI LÁ apenas para dizer a ele que SE RECUPERARIA DA FACADA QUE RECEBEU. #BOLSONAROPRESIDENTE".



Parabéns, Netinho!!!

Related Posts with Thumbnails
 
©2007 '' Por Elke di Barros