segunda-feira, 15 de agosto de 2022

Golpistas "roubam" contas de instagram em Ilhéus


Perfis no Instagram viraram alvos de criminosos em Ilhéus, Bahia. Munidos de um arsenal de técnicas, os criminosos roubam as contas de influencers, profissionais do entretenimento e até mesmo de estabelecimentos comerciais para induzir seguidores a fazerem transferências, geralmente por Pix, oferecerem falsas vendas e até mesmo pedir dinheiro passando-se pela vítima.

Um dos alvos desses bandidos em Ilhéus, foi uma conhecida cantora local. Depois de invadir o perfil dela, os golpistas usaram "iscas" para tentar tirar dinheiro dos seguidores: eles fizeram stories se passando pelo dona da conta, avisando que amigos dela estavam se mudando do Brasil e, por isso, estavam vendendo alguns itens como eletrodomésticos ou eletrônicos. Os preços foram anunciados muito abaixo da média de mercado porque as pessoas precisavam agilizar a saída do país.Os interessados deveriam entrar em contato por direct (as mensagens privadas da rede social) e perguntar como podem combinar a compra. O resto do golpe era: o criminoso, então, enviava uma chave Pix e pedia o comprovante – após o pagamento ser efetuado, o golpista bloqueava a vítima. Quando questionado sobre a possibilidade de retirar o equipamento pessoalmente, não o bandido não responde. 
Esse tipo de golpe tem feito muitas vítimas Brasil a fora e lesa aqueles que acreditam na oferta e o dono do perfil – que nada tem a ver com as postagens e teve seu perfil roubado por criminosos.

Mas como os bandidos se apropriam de uma conta de Instagram?

Geralmente, o dono do perfil recebe pelo direct uma mensagem sobre uma promoção ganha, brinde a receber ou algo do tipo. A mensagem criminosa pede que a vítima envie os seus dados para o recebimento do prêmio. Em grande parte das vezes,os dados solicitados são o nome da pessoa, o número de celular e o e-mail. Munidos desses dados, os bandidos solicitam à plataforma Instagram a alteração da senha da conta da vítima. Essa solicitação gerará um código ou um link, que serão enviados para a vítima. Nessa etapa, os bandidos pedem que a vítima forneça a eles o link ou o código recebido para que efetuem a entrega do falso prêmio. Pronto, a vítima ao fornecer essas informações perde total acesso a sua conta.

Além do golpe do roubo de contas do Instagram, outro tipo de golpe envolvendo essa mesma rede social, também vem ocorrendo em Ilhéus: o golpe do perfil clonado. Essa modalidade utiliza justamente a popularidade da conta alvo,o número de seguidores e a capacidade de abrangência das notificações para enganar seguidores.

A primeira ação dos golpistas é criar um perfil do zero e utilizar o nome de uma vítima que efetivamente tenha uma conta pública no Instagram. O novo perfil,que nada mais é do que um clone do oficial, vai reproduzir as fotos e os posts feitos pela vítima, ou seja, duplicar conteúdos por meio de prints da tela e cópia dos textos nas legendas.

O segundo passo é seguir os mesmos amigos e postar uma mensagem pública sobre o transtorno provocado pelo ataque hacker, argumentando que perdeu acesso a contas de mídias sociais e aos aplicativos de banco e pedindo que as pessoas sigam esse novo perfil.  partir daí, os seguidores do falso perfil começam a receber mensagens, com solicitações de favores ou valores monetários. Foi o que aconteceu com o perfil do famoso bar e restaurante Barrakitika, em Ilhéus. Bandidos criaram uma conta clone do estabelecimento, usando os posts, a logomarca e tudo mais da Barrakitika, com a penas um detalhe de diferença: a grafia do nome do restaurante: BARRAKIITIKA. Observem que a palavra possui dois IS na sílaba KI. Um detalhe que passou despercebido para muitos seguidores. Também é possível observar que o número de postagens do falso perfil é bem pequeno e todas datam do mesmo dia.
Vejam o falso perfil criado pelos bandidos:
Vejam o perfil verdadeiro da Barrakitika 

Observem que o perfil verdadeiro alertou os seguidores sobre o golpe, criando um destaque na sua conta de Instagram.

Mas como podemos evitar cair em um golpe via Instagram?
Ideias Barbara´s consultou profissionais da área de TI (Tecnologia da Informação) e fizemos um resumo com 5 dicas para que o usuário dessa rede evite sofrer um golpe.

Cinco dicas para evitar um golpe no Instagram

1) Ative a autenticação de dois fatores

No menu de configuração, na opção Segurança, o usuário pode ativar a autenticação de dois fatores para receber um código de confirmação de login por aplicativo de autenticação, SMS, WhatsApp ou outros métodos, como e-mail. Esses dados devem estar atualizados.

2) Ative a solicitação de login

Ao ativar a autenticação de dois fatores no Instagram, você receberá um alerta toda vez que alguém tentar entrar na sua conta por meio de um dispositivo ou navegador da Web. Estes alertas indicarão qual dispositivo tentou fazer o login e onde ele está localizado.

Você pode aprovar ou recusar de imediato a solicitação nos seus dispositivos conectados. Também é possível ver uma lista dos dispositivos que entraram recentemente na sua conta. Para isso, vá em “Configurações”, “Segurança” e “Atividade de login”. Se não reconhecer um login realizado recentemente, você poderá desconectar-se desse local ou dispositivo.

3) Não responda supostas mensagens diretas do Instagram

É importante se certificar sobre quem entra em contato com você por mensagens e só estabelecer diálogo com contatos de confiança. O Instagram reforça que, se precisar entrar em contato, usará a aba “E-mails do Instagram”, que fica nas configurações.

4) Ajude sua comunidade a estar atenta a perfis suspeitos

Avise os amigos e denuncie conteúdos e contas suspeitas tocando nos três pontos acima da publicação, compartilhando o alerta para um post falso ou acessando a conta fraude e denunciando diretamente no perfil suspeito.

5) Jamais forneça dados pessoais para perfis desconhecidos

Por mais tentadora a mensagem e a oferta de benefício, caso não conheça a origem, não avance na conversa e não clique em qualquer link. Os seus dados pessoais são o seu maior bem no ambiente digital, por isso, estar atento para o monitoramento de CPF ou CNPJ e outros dados é tão importante quanto chavear a porta de casa ao sair para a rua.

Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails