quarta-feira, 4 de março de 2020

Sérgio Rogério e Barbara Bastos participam de cerimônia de posse de Regina Duarte

A Ministra Damares Alves, Regina Duarte e a Primeira-dama Michelle Bolsonaro
durante a cerimônia de posse da nova secretaria de cultura

A atriz Regina Duarte tomou posse do cargo de secretária Especial da Cultura, no dia 04 de março, em uma solenidade no Palácio do Planalto, em Brasília. 

Convidados para o evento, Sérgio Rogério e Barbara Bastos, lideranças do Comitê Sul Bahia Bolsonaro Presidente, representaram os 16 municípios baianos abrangidos pelo trabalho do Comitê, no sul da Bahia.
Sérgio Rogério e Barbara Bastos

"A Cultura é a identidade de uma nação. Precisamos levar a sério esse setor do governo. A cultura é um importante ativo financeiro, e assim precisa ser encarado com  responsabilidade. Ela gera emprego, renda, impostos." explica Sérgio Rogério, diretor executivo do Comitê Sul Bahia Bolsonaro Presidente.

"Precisamos também evidenciar que  através da cultura também geramos inclusão social e acessibilidade, além de fomentarmos a educação." - complementa Barbara Bastos, jornalista e editora-chefe do site Ideias Barbara´s.

"O discurso da Regina foi além do que esperávamos. Trouxe compromisso, empenho e emoção." - afirmou Sérgio Rogério.

Emocionada, no discurso, Regina afirmou que a intenção será a de pacificar o diálogo entre o governo federal e a classe artística. A cerimônia foi disputada e contou com a presença do presidente Jair Bolsonaro, da primeira-dama Michelle, de ministros, autoridades federais, estaduais e municipais, classe artística, representantes da sociedade civil e de entidades culturais.

“Acredito que se possa fazer muita cultura, fazer arte e tudo, com os recursos que temos, criativamente, como nos meus tempos de amadora”, disse a secretária. "Acredito também que se possa fazer mais com mais", completou Regina.

Regina Duarte será a responsável por gerenciar a política cultural do país, orçada em R$ 2,25 bilhões, segundo o Portal da Transparência. Ela chefiará uma estrutura de seis secretarias, seis escritórios regionais e sete entidades vinculantes, sendo quatro fundações e três autarquias, como a Agência Nacional do Cinema.

Sérgio Rogério, Barbara Bastos e a deputada Carla Zambelli

O presidente Jair Bolsonaro deixa o evento

Silvia Waiãpi, Barbara Bastos e Hélia Braga


Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails